03 outubro 2005

 

Reflexão - Buscando a santidade

Santidade, onde encontrá-la? Pare e pense, Jesus nos diz que devemos ser santos como nosso Pai é santo, mas como iremos encontrar essa santidade? Como conquistá-la, de que forma tornar realidade essa proposta? Hoje vamos pensar no nosso trabalho. Qual o lugar, onde encontro várias pessoas, onde tenho contato com diversas crenças, onde tenho maior terreno para a evangelização? São Josemaria Escrivá, fundador da Opus Dei (prelazia a serviço da Igreja) diz o seguinte: ?Ocupa-te dos teus deveres profissionais por Amor. Faz tudo por Amor - insisto - e comprovarás as maravilhas que produz o teu trabalho, precisamente porque amas, embora tenhas de saborear a amargura da incompreensão, da injustiça, da ingratidão e até do próprio fracasso humano. Frutos saborosos, sementes de eternidade!? Esse santo recente da Igreja nos dá um bom conselho de como buscar a santidade no nosso dia a dia, ou seja, consagrando o nosso trabalho. Colocando o nosso ofício, seja ele qual for a disposição de Deus. Assim iremos estar trabalhando para o Reino de Deus e consequentemente contribuindo para a Evangelização do mundo. No catecismo da Igreja temos o seguinte: ?A todos têm de dar um exemplo público de oração, de respeito e de alegria e defender as próprias tradições como uma contribuição preciosa para a vida espiritual da sociedade humana.? Temos a obrigação, como cristãos conscientes, de evangelizar e dar exemplo, seja em qualquer lugar, em qualquer ocasião. O nosso Querido Papa (que Deus o tenha em seu coração) nos diz: ?Trabalhar é, pois, participar da obra criadora de Deus ? sempre atuante no mundo.? (João Paulo II ? O trabalho humano, 25). O nosso ambiente de trabalho deve tornar-se para o nós o ambiente de missão, o ambiente de oração e ação. As vezes temos em nossa mente a idéia de que a santificação é reservada aos sacerdotes, religiosos e religiosas e no entanto todos nós temos a obrigação de santificar-nos. Jesus venceu a morte e o pecado e só nos resta dizer sim, aceitar essa proposta e arcar com suas obrigações. Toda a boa obra deve ser para a minha santificação e a santificação dos meus irmãos. E essa boa obra deve ser o meu trabalho. Consagremos, então, o nosso trabalho, o nosso ofício, para que seja do agrado de Deus e para a nossa santificação. Possamos todos os dias de nossa vida acordar e oferecer a Deus nossas atividades. Que a cada dia que comece soe em nossos corações a oração: Jesus, mestre e amigo, recebe o meu trabalho, as pessoas que irei encontrar e faz de mim instrumento do teu amor para fazer presente no mundo o teu Reino. Amém. Que Jesus e Nossa Senhora nos ajudem a sermos mais santos e a dedicarmos nosso trabalho para o bem do povo de Deus e de toda a humanidade. Amém.
Sem. Filipe

Comments: Postar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?