05 janeiro 2006

 

Arcebispo publica Cartilha do Amor e inaugura Toca de Assis

Na missa de Inauguração do Projeto Toca de Assis em Porto Alegre, que aconteceu em Missa Solene na Catedral Metropolitana, o Arcebispo afirmou que quando o Espírito Santo suscita nas pessoas um carisma novo, o dom para a Igreja Católica acaba somando e não dividindo, como acontece em muitas outras igrejas cristãs. Na ocasião, o Pe. Roberto Lettier, fundador da obra Toca de Assis, disse que ?nós, católicos, não poderemos deixar os irmãos de rua apodrecendo, sobretudo defronte a uma catedral católica?. Disse ainda que ?onde os pobres são amados está o Reino de Deus?. Fez ainda, na homilia, um alerta para o cuidado do acúmulo das riquezas. Declarou que ?os filhos da pobreza ? como chama os membros do Toca de Assis ? não são uma ONG, nem um grupo assistencialista?. ?Estamos aqui, em Porto Alegre, para viver o Evangelho?, sentenciou. Na missa, Pe. Roberto apresentou dois moradores de rua já acolhidos na casa Toca de Assis, que terá sede na Rua Dr. Timóteo, número 31, e abrigará aproximadamente 30 assistidos, sobretudo os mais enfermos, idosos e desvalidos da sociedade. O carisma da obra trabalha sobretudo com moradores adultos, de 40 anos para cima. Três jovens já estarão atuando na obra aqui em Porto Alegre: Ir. Emaús, Ir. Bernardo e Ir. Domingos. O projeto prevê a ajuda da comunidade portoalegrense, não só materialmente, mas de apoio e articulação do amor evangélico aos pobres de rua.
A Cartilha, mais branda que outras, vem de encontro ao clima natalino de cordialidade, fraternidade e vivência cristã recíproca, sem, contudo, deixar de ser profética, trazendo exigências bem concretas. ?Vestir o pijama de dia é por o pé na cova?, afirma o autor ao se referir ao ídolo do ócio, considerado a mãe de todos os vícios. ?É preciso saber ocupar-se?, reflete o Arcebispo. A Cartilha do Amor se encontra disponível nas livrarias católicas da capital gaúcha ou poderá ser encomendada por meio da PASCOM (fone 0xx51 3222 0379).

Comments:
Oi meu querido irmão. Tu sempre esteve ao meu lado nos momentos de minha vida na qual não se tratava do mundo. Esteve do meu lado quando a Kaká precisou e eu tive aquela visão, esteve do meu lado no Cenáculo (dom de línguas), esteve do meu lado presenciando o ataque do mal na casa Marta e Maria e entre muitos outros momentos que mudaram minha visão sobre minha ligação com Deus.
Essa mensagem é para dizer que está acontecendo de novo. Gostaria muito de me encontrar contigo (sozinho) para podermos tomar um suco e conversar como velhos amigos que cresceram juntos na fé. Posso contar contigo? Abração e fica com Deus.
 
Postar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?